"4" Post(s) arquivados na Tag: poesia

12 de abril de 2022

2 Comentários

Cabelo loiro

Por Eriane Dantas

Cabelo loiro
meu artista
a alegria da casa
o motivo literal
desta casa construída
Todo dia
esqueço a sua idade
acho graça
nas mesmas frases
me admiro
com o seu raciocínio
espalho por aí
suas peripécias
peço à memória:
mantenha intactos
estes momentos

Sucede
em meu peito
um reboliço
se os meus olhos miram
sua imagem,
os meus ouvidos
captam a sua voz
numa risada
num cumprimento carinhoso
numa palavra
com letras trocadas

Continue lendo
24 de março de 2021

0 Comentários

Ontem

Por Eriane Dantas

Ontem
ela era medo
objeto de pena
quietude
alvo da zombaria

Ontem
ela era menina
encolhida
no canto da sala
escutando uma voz
quase nunca a sua

Continue lendo
15 de dezembro de 2020

2 Comentários

Depois de nove meses

Por Eriane Dantas

Presa em casa
não aguento mais um dia,
nem tanto por me isolar,
às vezes não faz mal
não ter que ver o mundo.

Prefiro esse mundo que vejo
da varanda:
o céu azul,
as nuvens quebrando o monocromático,
os passarinhos no alto
brincando de voar.

Não aguento mesmo
é o mundo lá fora.
Enquanto uns fecham as portas
de casa,
outros se juntam para ir à praia,
à festa,
a monumentos
que jamais se interessaram
em visitar.

Continue lendo
20 de outubro de 2020

0 Comentários

Não sinta

Por Eriane Dantas

Um ponto
é qualquer dor minha
diante dos males do mundo,
queixas não cabem nesta vida.
Então àquela no espelho eu ordeno:
não sinta!
Ainda assim eu sinto,
sinto,
sinto,
sinto.

Coisa doida é reparar
no que se sente.
Aquela marca encolhida lá dentro
acha uma brecha,
se exibe,
parece se colar à pele,
de onde a vista não se desvia.

Continue lendo

1 2 3 5
© 2022 Histórias em MimDesenvolvido com por