11 de junho de 2019

2 Comentários

Lembrança e esperança

Por Eriane Dantas

Mamadas, choro, fraldas sujas. A memória me aponta, maldosa, aqueles dias de antes, aqueles dias tomados pela série da vez, pelo livro do momento; aquelas noites de encontros com múltiplos personagens; aqueles dias previsíveis; aquelas noites de sonos inteiros.

Lembrança aqueles dias e aquelas noites se tornaram. Por isso se exibem tão saudosos. É certo que não regressarão, a não ser reencarnados em outros dias e outras noites mais adiante.

Pediatra, vacinas, decisões. Meus olhos me mostram, maravilhados, aquele olhar inocente investigando, aquele sorriso sem dentes ensaiando seu despontar, aquele vivente iniciante treinando sua existência.

Esperança completa meus dias e minhas noites agora. À espera por presenciar olhos ainda mais curiosos, sorrisos dentuços e barulhentos, uma existência em contínuo despertar.

confira esses posts relacionados

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • ELIETE
    12 junho, 2019

    Eri,
    Que coisa linda,
    Maravilha de versos, é esse amor que as mães vivem. Saudade sempre

  • Ana Luiza
    12 junho, 2019

    Eri, lindo texto pra marcar o seu retorno ao “Histórias em mim”. Parabéns!
    Muito bom ler você de novo, minha amada companheira!

  • © 2019 Histórias em MimDesenvolvido com por