24 de setembro de 2019

2 Comentários

Para me arriscar em versos

Por Eriane Dantas

Ela disse:
você pode se arriscar
em versos.
Vai se sair bem
se colocar
em cada linha
seu coração.
Entendi
o que ela quis dizer.
A poesia é um jeito de pegar
no fundo do nosso peito
o regozijo
ou aquele aperto,
os medos,
as dores
e traduzir para uma língua
que todo mundo
sente.
Cá estou, 
encarando o risco,
como se saltasse
do precipício.
Envolvi meu coração
neste experimento.
Foi ele
quem ditou
uma a uma
as palavras.
A tentativa rendeu
versos assim mesmo,
imaturos,
sem métrica,
sem técnica,
com rimas involuntárias.
Não me atirem pedras
os poetas.
Sou como um bebê
pisando
pela primeira vez
o solo
sem uma mão
em que me segurar.
Agora que dei passos
nesse terreno poético,
quero seguir versificando
tudo:
as flores,
as cores do céu,
o sorriso do meu filho
e até essa desesperança
latejante aqui dentro.

confira esses posts relacionados

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Eliete
    24 setembro, 2019

    Coisa mais linda! Como sempre vc arrasa. Parabéns

    • Eriane Dantas
      Eriane Dantas
      01 outubro, 2019

      Obrigada, Eliete! 🙂

  • © 2021 Histórias em MimDesenvolvido com por