"4" Post(s) arquivados na Tag: infância

16 de novembro de 2019

0 Comentários

Cartas para Marilu (n° 8)

Sexta-feira, 5 de julho de 1985.


Marilu,


Não sei como recebeu minha última carta, mas suponho que ler aquelas palavras tenha sido doloroso, pois foi inevitável transferir minha dor para o papel ao traçar cada letra. Acredite em mim, por favor, minha filha: não era meu objetivo machucar você.

Continue lendo
12 de novembro de 2019

0 Comentários

Por que ler para bebês?

A forma como a criança é vista hoje é diferente daquela de anos atrás. Já se sabe que, em seus primeiros anos de vida (especialmente até os três), a criança passa pelo período mais intenso de aprendizagem e desenvolvimento, que começa antes mesmo do nascimento.

Por essa razão, essa é a fase à qual os adultos (mães, pais, avós, cuidadores, professoras etc.) devem dar mais atenção. Além de garantir a alimentação e um ambiente seguro, devem oferecer afeto, contato com a natureza e espaço para que a criança brinque e se desenvolva. Isso porque as experiências dos primeiros anos de vida (sejam positivas ou negativas) marcarão toda a trajetória da criança.

Continue lendo
05 de novembro de 2019

4 Comentários

Reunião de negócios

A imagem mostra um aperto de mãos.

Um pai de família que presta serviços autônomos torce todo dia para que alguém lhe ofereça um trabalho que dure pelo menos um mês e lhe renda um bom pagamento. Mas a crise financeira atinge até os mais endinheirados. Pouca gente possui recursos para mandar produzir portões ou grades. Já as encomendas pequenas são mais corriqueiras — de vez em quando alguém o manda fazer um pé de botijão de gás, um suporte para prateleira e outros itens de menor porte.

Continue lendo
29 de outubro de 2019

2 Comentários

[Resenha] Carta a minha filha

Por Maya Angelou

  • Título Original: Letter to My Daughter
  • Gênero do Livro: Memórias
  • Editora: Agir
  • Ano de Publicação: 2019
  • Número de Páginas: 143
Sinopse: Carta a minha filha revela o caminho de Maya Angelou em busca da melhor maneira possível de viver e se tornar a personagem principal da própria história. Com seu estilo único, mesclando relato confessional e poesia, ela concebe uma espécie de manual, contando sua trajetória fascinante e também seus anseios para um futuro que está nas mãos das herdeiras de seu legado. Conhecida por estar no front do movimento pelos direitos civis, a autora e ativista não apenas nos dá seu testemunho de luta, mas nos presenteia com um tocante relato de exaltação à vida. Esta edição conta com prefácio inédito da escritora Conceição Evaristo.
Comprar na Amazon

Carta a minha filha é um livro que Maya Angelou dedicou a todas as mulheres do mundo, as quais adotou como filhas e herdeiras de sua luta.

Você não pode controlar todos os fatos que acontecem em sua vida, mas pode decidir não ser diminuída por eles. Tente ser um arco-íris na nuvem de alguém. Não se queixe. Faça todo o esforço possível para modificar aquilo de que não gosta. Se não puder mudar algo, mude a maneira como pensa. Talvez você encontre uma nova solução (p. 16).

Continue lendo

1 2
© 2019 Histórias em MimDesenvolvido com por