13 de julho de 2018

2 Comentários

Uma mulher que só queria esquecer

Por Eriane Dantas

Sabrina se alegrou por ser uma das primeiras ali, pois não queria mesmo encontrar alguém. Assim, poderia cumprir o plano de tomar alguns drinques sem companhia e voltar para casa tão bêbada que não pensaria em sua situação.

Quem já não passou por uma situação que gostaria de apagar da memória de uma vez: uma desilusão, um fracasso, uma perda? Em momentos como esses desejamos encontrar um remédio que neutralize a dor e nos permita seguir vivendo como se nada em nossa vida tivesse se alterado. Esse é o caso de Sabrina, uma mulher que só quer esquecer. Ela pretende permanecer em sua existência solitária. Foge das conversas com a família e com os colegas do trabalho. Seu único desejo é tomar uma bebida forte que a faça perder os sentidos ao menos por alguns instantes.

Era compreensível que ela não enxergasse nada em volta, já que se sentia como se estivesse no interior de um redemoinho.

Mas, como a vida por vezes não obedece aos planos que traçamos, escrevendo seu próprio roteiro, alguém se aproximará sem saber que Sabrina não quer companhia e poderá interferir em sua vontade de fugir da realidade.

Uma mulher que só queria esquecer é o título de um conto que publiquei recentemente na Amazon, com o Kindle Direct Publishing, em uma de minhas aventuras pela literatura destinada a adultos. Quem quiser conhecê-lo pode procurá-lo no site da Amazon ou chegar lá mais facilmente clicando aqui.

confira esses posts relacionados

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Eliete
    15 julho, 2018

    Estou esperando até hj a continuação. Kkk

    • Eriane Dantas
      Eriane Dantas
      16 julho, 2018

      kkk. Pode ser que ela venha.

  • © 2019 Histórias em MimDesenvolvido com por